CALDEIRAS

As caldeiras de condensação têm sistemas mais eficientes de geração de calor para sistemas de aquecimento e climatização, com estas caldeiras conseguimos uma grande poupança e uma grande eficiência energética, as caldeiras de condensação têm sistemas de regulação de temperatura que se adaptam a todas as necessidades de aquecimento, funcionam na perfeição em instalações com radiadores tradicionais, por isso, na igualdade de condições, conseguimos um melhor rendimento estacional com uma caldeira de condensação do que com uma tradicional, o que se traduz em poupanças energéticas.

Estudos comparativos entre sistemas com radiadores convencionais, demonstraram uma poupança energética de 15% quando comparados com uma caldeira tradicional, os rendimentos indicados pelos fabricantes nos catálogos de caldeiras de condensação são de 108-109% dizem respeito a um poder calorífico inferior, isto sem ter em conta o calor latente, do combustível, num sistema com caldeiras tradicionais, raramente se consegue passar a potência máxima acima de 90% (se forem caldeiras antigas, ou com fraca manutenção este valor baixa para 80% e inferior).

As caldeiras de condensação. oferecem vantagens importantes tais como:

  • Reduzidas emissões de C02 de NOx;
  • Maior rendimento pelo aproveitamento do calor dos gases de combustão. o que permite reduzir as necessidades de gás e a fatura de combustível.


Produção de água quente para aquecer a casa

Aquecimento central

Num Sistema destinado ao aquecimento das habitações. que possa produzir água quente para uso doméstico. A instalação centralizada de aquecimento pode ser individual ou coletiva. Em ambos os casos e aquecido um fluido num gerador de calor e conduzido aos elementos consumidores para aquecer as divisões.

Os sistemas mais comuns de aquecimento central integram os seguintes componentes:

  1. Gerador de calor: geralmente uma caldeira. na qual recomenda-se que a água seja aquecida a temperatura de 70° C. 0 aquecimento a temperaturas superiores causa maior desgaste dos equipamentos e não garante maior conforto.
  2. Unidades de regularização e controlo: servem para adequar a resposta do Sistema as necessidades de aquecimento, procurando que se alcancem. mas não se ultrapassem. as temperaturas de conforto preestabelecidas.
  3. Sistema de distribuição e em1ssao de calor: compostas por tubagens. bombas e radiadores. no interior dos quais a água circula distribuindo o calor.

Caldeiras e sistema de acumulação

As caldeiras a gás podem produzir agua quente sanitária instantaneamente, tal como o esquentador ou em sistemas por acumulação, nestes ultimas deve ser instalado juntamente com a caldeira um depósito de armazenamento que permite acumular a agua quente de consumo.

A seleção de um deposito acumulador depende essencialmente de 4 variáeis, que deverão ser conjugadas para se obter a capacidade e o desempenho adequados:

  • Temperatura de funcionamento da fonte quente;
  • Área de permuta de calor entre a fonte quente e igua de consumo;
  • Potencia e caudal do gerador de calor (fonte quente);

Na aquisição do deposito de acumulação é importante considerar os seguintes aspetos:

  • N° de utilizadores – condiciona a capacidade do deposito.
  • Temperatura de acumulação – condiciona o volume e a durabilidade do deposito.
  • 0 material de fabrico.

Como saber que caldeira escolher...

Se precisa de comprar uma caldeira, estará a pensar em comparar os diversos tipos para descobrir quais são as vantagens de uns e de outros modelos.

Características da sua casa

Em função da área da casa, se for um apartamento ou uma moradia unifamiliar, a sua situação geográfica, quantas pessoas vivem nela e os hábitos relacionados com a utilização de água quente, escolherá uma caldeira ou outra. Na RIVALCLIMA dispomos de uma grande variedade de caldeiras murais ou de chão que se adaptam tanto a espaços grandes como pequenos.

Qual é o modelo mais adquado?

Só aquecimento ou aquecimento e água quente sanitária? Caldeiras murais ou de chão, combináveis com outros sistemas, tais como, radiadores, pavimento radiante ou sistemas solares, ou com maiores depósitos de acumulação de água quente.

Sabemos que cada habitação tem as suas características por isso oferecemos diversas soluções (Caldeiras) para cobrir as necessidades de conforto de cada habitação.

Caldeiras e a sua eficiência

A condensação é a tecnologia mais eficiente e ecológica aplicável às caldeiras, mas o grau de eficiência entre as mesmas pode variar segundo seu índice de modulação.

A potência é um dos dados críticos no momento de determinar o modelo a escolher. Diferencia-se pela potência no serviço de aquecimento e a potência no de água quente sanitária (AQS). A potência que costuma ser determinante é a da AQS uma vez que condiciona o conforto neste serviço. Quanto maior for a potência, maior será a capacidade de produção em ambos os serviços mas também irá haver um maior consumo energético.

Que nível de prestação precisa?

No momento de comparar as características de uma caldeira relativamente a outra, tenha em conta as necessidades de água quente que existem na sua casa.

Se o sistema de AQS for grande, a caldeira terá que ter maior capacidade para oferecer água quente de forma simultânea, ou seja, será possível utilizar a água ao mesmo tempo em duas zonas distintas da casa (casas de banho, cozinha,..).


O que precisa saber antes de instalar uma caldeira

  • Antes de instalar uma caldeira de condensação tem que ter em atenção se o espaço permite tal instalação.
  • É necessária uma saída de evacuação de fumos. Em que o tubo de ligação tem que ser adequado, com resistência à corrosão devido à acidez da água.
  • Em sistemas com potência térmica superior a 70kw deve fazer um tratamento aos condensados, antes de serem evacuados.
  • Para caldeiras individuais, devem-se instalar tubos de evacuação de gases à base de materiais plásticos adequados a este tipo de equipamentos térmicos. Há que seguir as indicações do fabricante quanto a distâncias mínimas e pendentes.
  • Ao substituir uma caldeira central existente, tem que avaliar o estado da tubagem de evacuação de fumos para ver se pode aproveitar ou se tem que o substituir.
  • Em caso de sistemas centrais com uma única caldeira para aquecimento, há que ter atenção à forma como vai fazer a renovação da caldeira. temos certamente a melhor solução para o seu caso quer sejam caldeiras convencionais ou de condensação.